Anitta quer o impeachment de Bolsonaro em 2020

No jogo realizado em transmissão ao vivo pelo Instagram, apareceu que Matos queria impeachment em 2020: “É, pelo amor de Deus, é isso aí gente”, declarou Anitta. A cantora Anitta concordou com a influenciadora digital Rainha Mattos que, em 2020, o impeachment do presidente Jair Bolsonaro seria a melhor medida. As duas participavam de uma transmissão…

Anitta quer o impeachment de Bolsonaro em 2020 — Nossa Política

Cantora Karina Buhr acusa babalorixá de estupro

A cantora e compositora Karina Buhr acusou de estupro o babalorixá Dito de Oxóssi, de Pernambuco, que morreu no último dia 15 de dezembro. Conforme ela relata, a violência aconteceu há duas décadas. “Esse é um relato de estupro. Aconteceu há 20 anos. Não consigo mais guardar, não é um segredo meu, a violência contra…

via Cantora acusa babalorixá de estupro — VEJA SÃO PAULO

Há 39 anos, John Lennon era assassinado em Nova York

Em 8 de dezembro de 1980, John chegava a seu prédio, o Edifício Dakota, quando foi baleado por um homem chamado Mark Chapman. O cantor, atingido por quatro tiros, morreu a caminho do hospital.
Imagem
“Nossa sociedade é controlada por pessoas insanas com objetivos insanos. Acho que estamos sendo administrados por maníacos para fins maníacos e acho que sou passível de ser colocado como louco por expressar isso. Isso que é insano sobre isso.” — John Lennon

#JohnLennon
(1) Há 39 anos, John Lennon era assassinado em Nova York / Twitter
Fonte: (1) Há 39 anos, John Lennon era assassinado em Nova York / Twitter

MC Carol critica fala de Anitta: ‘Quem abriu caminho foram as primeiras mulheres do funk’ 

Mídia de cabeçalhoA cantora compartilhou o vídeo de uma entrevista de fevereiro do ano passado em que Anitta diz que, quando começou sua carreira, a indústria da música era dominada por homens. MC Carol questionou a frase e gerou uma discussão na timeline.
Fonte: MC Carol critica fala de Anitta: ‘Quem abriu caminho foram as primeiras mulheres do funk’ / Twitter

Justiça do Rio manda soltar DJ Rennan da Penha

Mídia de cabeçalhoA Justiça do Rio de Janeiro concedeu liberdade ao DJ Rennan da Penha na tarde desta sexta. O advogado do músico chegou a declarar que ele já havia sido solto, porém ele ainda aguarda o alvará de soltura. A decisão aconteceu depois do Supremo Tribunal Federal (STF) determinar que réus só podem ser presos após o trânsito em julgado. Rennan foi preso em abril, condenado em segunda instância por associação ao tráfico de drogas.

Fonte: Justiça do Rio manda soltar DJ Rennan da Penha / Twitter